dezembro 23, 2009

Wallpaper: Marcada

Pessoal, o meu mais novo hobbie é fazer Wallpapers!
Agora vou postando os que eu fiz, enquanto não volto às resenhas...

No momento vai um de Marcada, livro que estou lendo (junto com Anne Frank e O Ladrão de Raios). Espero que gostem.





Resolução: 1024x780 pixels

dezembro 20, 2009

I'm baaaaaaack, yeah o/

Oi gente... estou atualizando meu blog e escrevendo novos posts! Pois é, agora só tenho tempo nas férias pra poder viajar no blogosfera. Por enquanto o blog será como antes, mesma padronagem... mas aos poucos, se minha mente criativa ajudar, eu o incremento.
Sei que vocês estavam com saudades dos meus pequenos comentários, e eu estava muito de vocês! Quando conseguir botar tudo em dia, volto a entrar no seus blogs.

Caso eu não poste até as festas...
FELIZ NATAL e um PRÓSPERO ANO NOVO :D

Amo todos vocês e boas férias!

julho 31, 2009

Livro: Chegando Juntos - Emlyn Rees e Josie Lloyd


Antes de lerem esse post, quero pedir desculpas por não estar passando nos blogs de vocês, mas não estou pscicologicamente bem para sentar e ler alguma coisa... quem me conhece (fórum etc) sabe o motivo disso e quem não sabe, só peço desculpas e que entendam. Eu tenho vários rascunhos para serem completados e postados, vários livros para serem lidos e terem suas devidas sinopses e opinião postadas aqui, mas, infelizmente, o blog - e as visitas nos seus - ficarão suspensos por alguns dias.

Quero, até, agradecer humildemente a visita e os comentários de vocês aqui no "Quando nada mais tiver graça..." e que cresce bastante devido a divulgações que começei a fazer e sugestões que recebi de um amigo sobre blogs; os comentários e o número de visitas crescem a cada dia, e eu me sinto na obrigação de postar cada vez mais aqui, porém isso não será possível, por mais que eu queria muito.
Desculpe o desabafo e a explicação toda, mas não gosto de deixar ninguém na mão e nem de sumir e não avisar.

Obrigada.

_________________________________________________________


Chegando juntos - Emlyn Rees e Josie Lloyd

Um romance diferente, o qual foca diversos pontos sobre os comportamentos, pensamentos e atitudes de homens e mulheres - do ponto de vista de ambos. Cada capítulo é narrado por um personagem, ora Jack, ora Amy. Duas pessoas que possuem objetivos de vida completamente opostos, que acabam se conhecendo e, mesmo contra o destino, se apaixonando.
Jack Rossiter tem 27 anos, é solteiro - daqueles bem cafajestes e garanhões - e trabalha numa pequena galeria, mas apenas "para pagar as contas", já que espera, um dia, expor seus próprios quadros. Ele mora com Matt, seu melhor amigo e que possui melhor condição financeira que ele. Na festa de aniversário de Matt, Jack se depara com uma "Garota Misteriosa", é Amy Crosby. Ela, por sua vez, é bonita, inteligente e sexy, porém traumatizada quando o assunto é homem, devido a seu último relacionamento, e por isso, não quer mais um romance qualquer, mas um verdadeiro e sincero.
O destino junta Amy e Jack em inusitadas situações. Será que eles vão ficar juntos? Amy irá encontrar, finalmente, o seu par ideal? E Jack? Vai tomar jeito e ver que é, sim, um homem para casar? Um livro repleto de humor, romance e sexo; para você ler e, a cada capítulo, se identificar e se surpreender com esse casal.

_______________________________________________________________

Minha Opinião

Comprei esse livro porque estava R$9,90 na livraria aqui perto de casa... no começo, achei o livro meio confuso, parando e perguntando diversas vezes, "Ei, peraí! Quem está narrando agora mesmo?", além da própria linguagem, que chega a confundir. Mas aos poucos a história foi me envolvendo de uma maneira estranha, surpreendente e me deparei pensando, "E a Amy, tadinha, como deve tá?" e correndo para chegar no próximo capítulo. Um fato que comento é que tomem cuidado, quem for muito novo/nova. O livro contêm situações de sexo, além de um linguajar obsceno, mas, mesmo assim, consegue fazer com que essas partes sejam as mais engraçadas do livro - um exemplo, é a parte em que Jack imagina uma conversa entre ele e seu próprio pênis. No livro, questões são discutidas, as quais nunca sairão de moda: se devemos perdoar quem amamos, se podemos nos entregar àquele amor, se ele é realmente o certo ou até mesmo, se vale a pena abrir mão para agradar ao outro. Cenas hilariantes e uma história diferente de muitos Chick Lit's, onde mostra que ninguém é perfeito e que todos podem cometer erros.

_____________________________________________________________

Título:
Chegando Juntos (Come Together)
Autor: Emlyn Rees e Josie Lloyd
Editora: Record
Ano: 2000
Número de páginas: 380
ISBN: 8501058076

julho 29, 2009

Série: Dexter


Dexter



Dexter Morgan (Michael C. Hall) é um analista forense na polícia de Miami, mas possui obscuros segredos. Ele é especialista em dispersão de sangue no departamento, mas fora de lá também lida muito bem com mortes, pois Dexter é um assassino em série. Parar de matar está fora de cogitação; porém, com a ajuda de seu pai adotivo, Harry Morgan (James Remar), conseguiu encontrar uma forma de se controlar, através de um tipo de Código de conduta imposto por Harry. Assim, Dexter mata apenas aqueles que a própria polícia não consegue capturar e pôr atrás das grades, fazendo sempre o mesmo ritual e guardando uma gota do sangue da vítima, como um troféu. Ele consegue viver uma vida "normal", fingindo ter emoções e que se preocupa com as pessoas a sua volta, tais quais sua namorada, Rita Bennet (Julie Benz) e sua irmã Debra Morgan (Jennifer Carpenter), mas no fundo vive um dilema, pois nunca pode ser ele mesmo.


video


________________________________________________________

Minha Opinião

A série Dexter, para mim, é a melhor de todas as outras que eu acompanho. Cada temporada conta uma história diferente e super envolvente. Por trás de todas os assassinatos, cometidos por Dexter, há um dilema pessoal do personagem e isso faz com que cada vez mais sua vida seja desvendada pelos telespectadores. Já levei sustos, chorei e sempre rio muito com as tentativas dele de tentar se passar como uma pessoa qualquer em meio a multidão. Não me esqueço da cena em que Rita está chorando ao ver um filme e ele não sabe o que fazer, então pensa "acho que não vou piscar, talvez assim uma lágrima escorra". Ele é assim, não chora, não fica triste nem alegre, vive em seu mundinho onde nada pode ser diferente e suas conversas são sempre com ele mesmo, em seus pensamentos... até chegar na terceiro temporada, quando recebe uma notícia que mudará tudo a sua volta. Um seriado que eu dou nota 10, e que digo, há muito mais além de todo sangue, uma moral talvez, algo que faça você pensar. Vale super a pena assistir; a quarta temporada estreia em setembro nos EUA.


Série baseada no livro de Jeff Lindsay, "Dexter, a mão esquerda de Deus" (Darkly Dreaming Dexter).

julho 27, 2009

Selinhos, parte 3


Obrigada Vinha e Isa :}




Regras:
1. Responder às perguntas:
- Uma música mágica: Lua de Cristal - Xuxa
- Um filme mágico: História sem fim
- Uma viagem mágica: São Paulo com o colégio, dois anos seguidos, ver os musicais "O Fantasma da Ópera" e "My F
air Lady"
- Um acessório de maquiagem mágico: A combinação lápis preto e blush rosa

2. Indicar o selinho para 5 blogs:
Então... como eu demorei para postar esse selinho por aqui, praticamente todo mundo já recebeu, se você aí que está lendo NÃO recebeu, avise no comentário. Que aí eu linkarei seu blog com todo o prazer por aqui... (e não pense que eu esqueci de VOCÊ, mas são cerca de 50 blogs nos favoritos).

_______________________________________________________


Obrigada Vinha!


Regras:
1. Linkar quem te deu o selinho:
http://thoughtsteen.blogspot.com/

2. Responder às perguntas:
- Por que este blog é lindo?
Porque ele é tanto lindo visualmente quanto no conteúdo, o que faz com que seja muito bem frequentado.
- Qual é a palavra mais linda?
Paz.
- Qual o sentimento mais lindo?
Amizade.

3. Mandar o selinho para 5 blogs:
(na verdade vou mandar para 6... duas dessas já receberam, só fui ver depois)
- Garotas Lunáticas da Simone
- My Blog da Isahh
- A Bolha da Gabi
- Pink Suglasses da Jenny
- Lost in Chick-Lit da Ju
- Just like Isaa da Isa

julho 22, 2009

Filmes: Uma Noite no Museu 1 e 2


Uma Noite no Museu 1


Larry Daley (Ben Stiller), depois de saber que o fato de estar sempre se mudando estava prejudicando seu filho, resolve aceitar o emprego de vigilante noturno no museu de história natural de NY, sem saber o que estava por vir. Em sua primeira noite, recebe dos antigos vigias um manual, que não chega a ler e o aviso "não deixe ninguém entrar e nem sair". Mas então, do nada, o dinossauro ganha vida e resolve brincar com Larry; depois de uma ligação para tentar se salvar, ele vê que a solução está bem na sua frente: "Jogue o osso", primeira regra do tal manual. A partir daí, ele percebe que não está sozinho no museu e que as próximas noites serão totalmente diferentes do que ele está acostumado.





video



Título: Uma Noite no Museu
(Night at the Museum)
Diretor: Shawn Levy
Elenco: Ben Stiller, Lou Torres, Dick Van Dyke,
Robin Williams, Owen Wilson, Steve Coogan,
Patrick Gallagher, Carla Gugino,
Matthew Harrison, Mickey Rooney, Paul Rudd
Ano: 2007
Duração: 108 minutos



_____________




Uma Noite no Museu 2


Larry está de volta, mas dessa vez ele virou um grande empresário e criador de alguns produtos no mercado. Um dia, sente saudade de sua vida no museu e resolve visitar seus antigos amigos, e, ao fazer, recebe a notícia que as estátuas de cera e os outros personagens históricos, serão transferidos para o grande museu de Washington DC., para darem lugar a uma nova tecnologia digital. Passa-se uma noite, e Larry recebe uma chamada de Jedediah, dizendo que algo ruim está acontecendo. Sem nem pensar duas vezes, o ex-vigia corre para a capital a fim de ajudar seus amigos e lá vive uma grande aventura, tentando salvá-los das mãos do irmão do Faraó Akhmenrah (Rami Malek), o Faraó Kahmunrah (Hank Azaria), que por causa da placa mágica egípcia, revive e diz ser o "dono do mundo". Mais uma aventura, dessa vez em grandes proporções!







videoAlinhar à esquerda


Título: Uma Noite no Museu 2
(Night at the Museum: Battle of the Simithsoian)
Diretor: Shawn Levy
Elenco: Ben Stiller, Amy Adams, Hank Azaria,
Robin Williams, Owen Wilson, Steve Coogan,
Patrick Gallagher, Ricky Gervais,
Jake Cherry, Rami Malek, Mizuo Peck
Ano: 2009
Duração: 105 minutos




___________________________________________________________


Minha Opinião

Ambos os filmes contam a história de uma placa que tem o poder de dar vida a seres inanimados, mas vi que os filmes não são totalmente iguais. Se pedirem para eu falar qual gostei mais, diria que foi o segundo, pois teve um enredo mais elaborado e com as cenas em lugares variados, não só no museu. Ri muito quando o Faraó Kahmunrah chamou o Darth Vather de asmático e perguntou se aquela capa era pra ir numa ópera, apesar daquele momento eu não ter entendido muito, pois a placa não estava no mesmo lugar que os "habitantes" do museu de Washington, e mesmo assim eles continuaram vivos, enfim. Mesmo sendo filmes de comédia, um pouco grotesca, tem quem diga, eles possuem uma moral. O primeiro mostra a relação pai e filho e como é importante, e o segundo filme fala de como você não deve esquecer de onde você veio, suas verdadeiras origens, além claro, do valor da amizade. Quem quer se divertir sem se preocupar, "Uma Noite no Museu" é uma boa pedida.


Filme baseado no livro infantil ilustrado homônimo de Milan Trenc.

julho 18, 2009

Livro: Formaturas Infernais

Vocês pediram e aí está o livro escolhido na enquete!

_________________________________________________________

Formaturas Infernais - Meg Cabot, Stephenie Meyer, Michele Jaffe, Kim Harrison, Lauren Myracle




Formaturas Infernais juntou cinco grandes autoras em cinco contos, para mostrar que nem sempre a grande noite da formatura pode ser perfeita. Vampiros, demônios, mortos-vivos ou até mesmo a própria Morte pode ser um dos convidados e, para piorar, você pode ser o par de um deles.

__________________________________



A filha da exterminadora - Meg Cabot
Mary é uma caçadora de vampiros que age profissionalmente, mas quando essa criatura das trevas começa a mexer com sua melhor amiga, aquilo se torna extremamente pessoal. Mary, portanto, usa a formatura como palco de sua caçada e acaba conhecendo Adam, um garoto que não liga para o grande segredo que ela possui.

O buquê - Lauren Myracle
Cuidado com o que você deseja. Esse é o recado que Frankie recebe ao visitar Madame Zanzibar e receber dela um buquê poderoso, o qual pode realizar 3 desejos. Will é seu melhor amigo, mas para ela, ali deveria ter mais que uma amizade; Frankie, portanto, acaba cedendo aos poderes do tal buquê, mas tem que lidar com suas consequências.

Madison Avery e a Morte - Kim Harrison
Madison vai morar com seu pai, depois de ter aprontado algumas quando morava com sua mãe. Ela, porém, está tendo dificuldades em se adaptar ao novo colégio. Durante o baile, quando já estava desistindo e indo embora sozinha, apesar de ter chegado lá com Josh, dá de cara com Seth, um bonitão desconhecido. Mas ela verá que não se pode confiar em qualquer um que se conhece e coisas estranhas passam a acontecer.

Salada mista - Michele Jaffe
Miranda é um pouco diferente das outras garotas de 18 anos, além de não ter namorado, ela ainda possui um extra nos seus sentidos, o que faz que ela escute os batimentos cardíacos das pessoas a sua volta ou até mesmo veja seus poros na pele, por exemplo. Para fazer parte do time de roller derby feminino, ela é obrigada a trabalhar como motorista, e, um dia, pega como passageira Sibby Cumana. Depois de muitos beijos e uma noite um pouco confusa, Miranda verá que não é a única pessoa fora do normal.

Inferno na Terra - Stephenie Meyer
Gabe Christensen é rejeitado por seu par, Celeste, a qual começa a se comportar estranhamente na formatura. Mas ela não é a única, todos os casais parecem estar tendo uma péssima noite e a causadora disso tudo é uma garota misteriosa, ou melhor, algo misterioso. Apesar de ter todos os motivos para poder sair e voltar para casa, Gabe sente que alguém precisa dele aquela noite. Talvez ele seja mais importante que pensa.

_________________________________________________________________

Minha Opinião

Já tinha lido que esse livro não era muiiiito bom, mas eu gostei sim. Meu conto preferido foi "Salada Mista" e o pior "A filha da exterminadora". Desculpe Tia Meg, mas melhor você continuar escrevendo sobre romances. Todos os contos penderam pro lado sobrenatural e acho que isso meio que desmotivou alguns leitores (pelo menos eu), e nenhum teve um fim. Quero dizer, ficou faltando alguma coisa pra terminar de verdade. Tanto que o 3º conto possui uma continuação em livro ("Once Dead, Twice Shy"; fiquei sabendo graças às meninas da GR, beijos girls). Recomendo pra quem quer se divertir um pouco, mas sem compromisso.

_______________________________________________________________

Título: Formaturas Infernais (Prom nights from hell)
Autor: Meg Cabot, Stephenie Meyer, Michele Jaffe,
Kim Harrison, Lauren Myracle
Editora: Galera Record
Ano: 2009
Número de páginas: 288
ISBN: 9788501085368

julho 15, 2009

Info: Prêmio SESC de Literatura 2009

Navegando pelos sites, pra ser mais específica, no site do G1, no editorial Pop & Arte, apareceu em um barner a seguinte propaganda: Prêmio SESC de Literatura 2009. A curiosidade falou mais alto e eu resolvi clicar. Assim que li todas as informações, pensei "tenho que falar com as meninas do fórum". Cheguei a pensar em falar sobre no tópico "Chat", no fórum da Galera Record, mas nada como um blog para melhor divulgação, portanto estou aqui, abrindo mais um espaço em meio aos livros, séries e filmes, para falar sobre esse tal Prêmio.

__________________________________________________________


Prêmio SESC de Literatura 2009

Desde 2003, o SESC fornece a oportunidade para novos autores realizarem seus sonhos, ou melhor, divulgarem seus livros. A inscrição é gratuita e pode ser realizada pela internet, por aqui, ou até mesmo em uma unidade do SESC em sua cidade. Poderão concorrer em duas categorias, conto ou romance. Mas como qualquer concurso, existem regras, como por exemplo, o de que a obra, e até mesmo alguma outra obra do autor, que seja do mesmo gênero, enviada para participar não poderá ter tido nenhum tipo de publicação - livrarias, internet etc.

Para mais informações é só entrar no edital do concurso. As inscrições poderão ser efetuadas até 30 de setembro de 2009, e o resultado será divulgado em fevereiro de 2010. A obra vencedora será publicada e distribuída pela Editora Record.


Boa Sorte a quem resolver participar!

julho 03, 2009

Série: Castle

Eu sei, milhões de anos pra atualizar... Mas ando confusa ultimamente, desculpe! Nem sei como eu ainda ganhei o selinho de 'atenciosa', enfim.

______________________________________________________________

Castle


Richard Castle (Nathan Fillion) é um autor de livros de suspense policial, mas também é famoso por seu jeito sedutor; já Kate Beckett (Stana Katic) trabalha na NYPD. A série começa com a detetive, trabalhando em vários casos que têm ligação com Castle - um assassino começa a copiar as mortes descritas em seus best-sellers - o autor, portanto, é chamado para ajudar a solucionar os crimes, ao lado de Beckett. A identidade do copiador é desvendada, porém, Castle se sente atraído por Beckett e, usando de seu poder e influência, consegue fazer com que o deixem ser um observador nos futuros casos da NYPD, ao lado da detetive, com a desculpa de estar escrevendo um livro baseado nela e que busca, portanto, inspiração. "Entre tapas e beijos", começam a formar uma boa dupla nas investigações; eles são o exemplo de que um autor teimoso e uma detetive durona, podem funcionar brilhantemente, afinal, "duas cabeças pensam melhor que uma".


video

______________________________________________________________

Minha Opinião

Comecei a ver Castle não esperando muito do seriado, pois assim como muitos que eu começei a ver esse ano, era estreia. E sabem como é estreia, sempre fica com aquele ar de que faltou alguma coisa ou um gostinho de quero mais. E "Castle" foi uma mistura dessas sensações. Digo isso, pois gostei muito dessa serie, até os vírus geeks, os quais também viciados em seriados, que tomaram conta do meu cérebro ano passado, chegaram a fazer uma festa (fazendo com que eu ficasse com enxaqueca durante um tempo, mas a polícia cerebral chegou e acabou com a farra), para comemorar a renovação, que estava por um triz (depois dessa, eu não me rendo a eles para ver "Battlestar Galactica", como estão tentando). Gostei do enredo, bem criativo e da simplicidade com que "Castle" é rodado, não sei quanto eles gastaram, mas parece que foi na média, além da química gostosa entre os personagens principais e, é claro, o humor de Rick, impagável. Fiquei com a tal sensação de "só isso?", mas espero ansiosa pela 2ª temporada e torço pelo romance dos dois!

julho 01, 2009

Outros Selinhos

Galera, eu ando meio sumida... mas é que eu ainda tenho que escrever sobre seriados etc, está super em falta aqui.
Enquanto isso, vou postar sobre os outros 2 selinhos que eu ganhei. E, ah, eu não vou colocar blogs nenhum, ok? É porque todos já ganharam, praticamente... E eu ando um pouco confusa em relação a blogs e atualizações.

1º Divulgar o link do blog que te presenteou com o selinho:
http://thesmallisland.blogspot.com/ e http://lilly15.blogspot.com/

2º Responder a pergunta: Qual leitura marcou mais a sua vida?
Bom, eu pensei durante um bom tempo e cheguei a conclusão que seria Harry Potter. Eu tinha uns 8 anos quando, numa bienal, resolvi comprar o 2º livro do HP, já que minha amiga tinha o primeiro. Não aguentei pegar logo o livro com ela e li o 2º primeiro do que o 1º livro. A partir daí não parei... HP foi e sempre será uma das minhas coleções preferidas, pois foi com ele que eu me empolguei e começei a gostar de ler cada dia mais.

_________________________________________________________________


Questionário:

1- Quando você recebe comentários o que sente?
R. Sinto que não estou sozinha nesse mundo dos Blogs... Que sou querida e eu me sinto muito feliz assim.
2- Você responde a todos os seus comentários individualmente ou costuma responder aos comentários de uma forma geral nas postagens?
R. Normalmente eu respondo na própria janela dos comentários ou no blog da pessoa, depende.
3- Você costuma visitar as pessoas que te visitam?
R. Claro, se elas me visitam, porque eu não visitaria? Até coloco na lista dos meu favoritos blogs.
4- Se você tivesse que escolher uma única blogueira para descrever o exemplo de atenção para com as amigas qual seria?
R. Melhor não responder, senão estarei morta!
5- Todas as blogueiras você conheceu pela Internet, ou tem alguma que você já conhece pessoalmente?
R. Praticamente todas pela internet mesmo, mas isso não impede nada.

Muito obrigada Dandra, Lilly, Simone, Gabi e Ana!

junho 22, 2009

Selinhos


Abrindo um espaço aqui, fungindo do padrão por um post.
Pois...
O meu querido blog, "Quando nada mais tiver graça...", ganhou um selinho! Isso mesmo, da nossa amiga Vinha, dona do falecido blog "Lucy, a garota do blog" e dos atuais "Papéis Gum" e "My Thoughts Teen" e outros selinhos da Jujub, do blog "Dobrando a Aposta" e da Poli, do "Brown eyed girl across the street".

Obrigada Vinha, Poli e Jujub!




Regras:
  1. Linkar quem indicou:
    http://thoughtsteen.blogspot.com/
    - http://dobrandoaaposta.blogspot.com/ - http://browneyedgirlacrossthestreet.blogspot.com/
  2. Postar o selo
  3. Avisar 5 amigas e passar o selo
  4. Responder essas perguntas:

Mania: Tirar cutícula, ficar atualizando a caixa de entrada e tirar fotos
Pecado Capital: Gula
Melhor cheiro do mundo: Algum cheiro que me lembre coisas boas ou alguém especial
Se dinheiro não fosse problema eu faria: Compraria todos os livros que eu quero (que não são poucos) e DVD's, faria diversos cursos, além de ajudar muitas pessoas
Casos de infância: Me divertia vendo as pessoas indo para o carnaval, da varanda da casa dos meus avós
Habilidade como dona de casa: Omelete e Brigadeiro
O que não gosta de fazer em casa: Varrer (tenho alergia)
Frase: Para toda regra, há uma exceção
Passeio para o corpo:
Dançar
Passeio para a alma: Ler
O que me irrita: Hipocrisia
Frase ou palavra que fala muito: "Pra variar", "Né?" e "Tá de sacanagem né? Só pode ser"
Palavrão mais usado: C*&*%¨*&% de Asa Dançante (não me perguntem da onde tirei isso!) e Ahhh pa po*&¨&*¬£!
Desce do salto e sobe o morro quando: Abusam da minha paciência de propósito, não entendem o que eu estou tentando dizer ou pedem pra repetir o que eu acabei de falar
Elogio favorito: "Você está linda!"
Talento oculto: Convencer as pessoas e chorar facilmente
Não importa que seja moda, não usaria nem no meu enterro: Salto alto
Queria ter nascido sabendo: Jogar algum jogo de cartas


Blogs...
(tentei não mandar para as mesmas pessoas que a Vinha mandou)
  1. Lívia - http://lilly15.blogspot.com/
  2. Lola Moony - http://vicioseilusoes.blogspot.com/
  3. Poli -http://browneyedgirlacrossthestreet.blogspot.com/
  4. Júlia - http://pinksunglassesworld.blogspot.com/
  5. Simone Morena - http://garotaslunaticas.blogspot.com/
Sei que algumas não estão entrando muito... mas meu selinho é de coração!

junho 20, 2009

Filme: Nick e Norah

Nick e Norah - Uma noite de amor e música




Baseado no livro de Rachel Cohn e David Levithan, "Nick e Norah - Uma noite de amor e música", conta uma história que acontece por acaso. Tris (Alexis Dziena) terminou com Nick (Michael Cera) um tempo atrás, e desde então, ele se encontra triste. Um dia, entretanto, seus companheiros de banda, Dev (Rafi Gavron) e Thom (Aaron Yoo), ambos gays, aparecem para chamá-lo para tocar num show e depois irem procurar onde a banda "Where's Fluffly?", que eles idolatram, irá tocar. Durante o show deles, Nick conhece Norah (Kat Dennings), que por acaso é uma colega de colégio de sua ex. Fã dos Cd's mixados de Nick, Norah também quer achar a tal banda, mas sua amiga, Caroline (Ari Graynor) acaba ficando bêbada e causando alguns vexames. Os amigos de Nick, então, resolvem ajudá-las, mas muita confusão ainda está por vir.


video

________________________________________________________________

Minha Opinião

Ganhei o filme em uma promoção da Galera Record e ainda não tive a oportunidade de ler o livro que o baseou, mas de acordo com as meninas do fórum, foi fiel. Os atores têm um grande caminho pela frente, com certeza. Gostei principalmente das atuações de Ari Graynor e Rafi Gavron. Resolvi pesquisar um pouco sobre o Rafi e descobri que ele fez "Roma". Eu já vi essa série e lembrei dele, tadinho (no seriado ele foi 'abusado' por um dos caras que tomavam conta da casa que ele trabalhava. Um dia eu escrevo sobre a série), e fiquei me perguntando se ele era gay mesmo, já que ele atuou muito bem. Ri várias vezes - como na parte em que a Caroline vomita - e achei fofo também - quando Nick e Norah estão no estúdio, por exemplo. Espero que Michael Cera, ator também de Juno e Superbad, consiga fazer outros tipos de papéis nos filmes, não só de adolescentes; afinal, nunca é demais o conhecimento e a experiência. Gostei muito do filme e o recomendo para um dia em que você está sem ter o que fazer e quer se divertir sem compromisso.

_________________________________________________________________

Título: Nick e Norah - Uma noite de amor e música
(Nick and Norah's Infinite Playlist)
Diretor: Peter Sollett
Elenco: Michael Cera, Kat Dennings, Ari Graynor,
Rafi Gavron, Aaron Yoo, Alexis Dziena
Ano: 2008
Duração: 89 minutos

junho 16, 2009

Livros: A Morte é Contagiosa e Dobrando a Aposta - Charlie Higson

Antes de tudo, peço desculpas pelo tamanho do post. Não se assustem!
Depois de "Missão Silverfin", aí vai mais duas sinopses da coleção "Jovem Bond".

______________________________________________________________

A Morte é Contagiosa - Charlie Higson


James Bond está de volta. Agora, como parte de um grupo em Eton, a Sociedade do Perigo. Com a adrenalina correndo 24 horas em suas veias, nosso jovem espião, não consegue ficar longe de encrenca. E mais uma vez, ele ultrapassa os limites da boa e velha Inglaterra.
As férias de verão, até que enfim, chegam, e, para aproveitá-las, James faz uma excursão para a Itália, junto com alunos e professores de Eton. Mas, Mark Goodenough, um colega de escola de James, não poderá curtir suas férias, pois, estranhamente, seu pai foi assassinado e sua irmã, está desaparecida.
James resolve, também, visitar seu primo, Victor, em sua moderna casa em Sardenha. Mas, uma outra visita, esta inesperada, desperta suspeitas: é Ugo Carnifex, um "conde" rico e que não suporta sujeira. Será que é esse tal de Ugo quem está por trás de toda essa confusão? E uma sociedade chamada Milenária, o que pode esconder de tão perigoso?
Essas, e outras perguntas, James Bond tentará responder. Afinal, não é apenas sua vida que está em jogo; quanto mais rápido correr, melhor. E lembre-se, cuidando em quem você confia.
_______________________________________________________________

Dobrando a Aposta - Charlie Higson

Decifrar enigmas nunca foi o forte de James Bond. Mas, dessa vez, ele será de grande ajuda para desvendar uma carta de Fairburn. Um docente de Eton, que, misteriosamente, desapareceu.
Apesar da promessa feita ao diretor de seu colégio, de que se manteria longe de encrencas, James não resiste a essa nova aventura, cheia de apostas e jogos sujos. Seguindo as pistas deixadas pelo professor, James e seus amigos se aventuram, passando por diversas confusões, as quais, muito perigosas. Entre seus parceiros, está seu velho companheiro, Red Kelly, que, obviamente, não negará esforços para ajudá-lo nessa busca.
Apenas um final de semana, é isso que James e seus amigos têm para poder salvar o mundo.
_______________________________________________________________

Os Livros

A coleção é composta de 5 livros. Apenas os 3 primeiros foram lançados no Brasil. Os outros dois, possuem os respectivos títulos: "Hurricane Gold" e "By Royal Command". Mas as histórias não acabam por aí. Não sei se haverá lançamento dos outros livros: "SilverFin: The Graphic Novel", um adaptação ilustrada por Kev Walker, do 1º livro da série; "The Young Bond Rough Guide to London", uma brochura dos locais de Londres do 3º livro e "Danger Society: The Young Bond Dossier", um guia, que será lançado no final desse ano no Reino Unido, com as características dos carros, das armas, dos locais etc. das aventuras em que James se arriscou, também ilustrado por Walker, e conterá, também, uma nova e eletrizante história de James Bond. Talvez a coleção em si tenha continuidade, mas não se sabe se Charlie Higson ainda será o autor.

Minha Opinião

Demorei um pouco, sim, para ler os três livros. Ganhei em uma promoção no site da Galera Record em dezembro e fui terminar começo de maio. Mas não que as histórias não tenham me pegado de jeito, muito pelo ao contrário, eu apenas não tenho o costume de ler outros livros que não sejam Chick-lit. Por exemplo, li a série "O Poder dos 5", gostei muito, e ainda prefiria Chick-lit's ao invés da coleção. Mas a série "Jovem Bond" me fascinou e fez mudar qualquer opinião que eu tinha sobre James Bond ou livros de aventura e ação. Uma linguagem bastante diferenciada, com detalhes minusciosos e importantes, diferente de muitos outros livros que eu tenha lido nesses últimos anos. Uma coisa que me fez ver observar isso, foram as conversas e os fatos além da história. Melhor dizendo, a relação de James com seus amigos, seus professores e seus poucos parentes; e que eu aprendi com os livros. No 1º, por exemplo, Tio Mark ensina a James como dirigir e, como num passe de mágica, agora eu sei onde fica a embrenhagem de um carro, e se bobear, até consigo ligar um. No 3º livro, descobri como se joga Copas. Sim... aquele joguinho que vem junto com o seu computador e que você nunca joga porque é muito mais fácil jogar Paciência? Pois é. O autor também resolve falar sobre política e assuntos culturais, ao fazer com que personagens citem, por exemplo, Lênin ou a Grande Guerra. Recomendo a coleção, principalmente para aqueles que têm a mania de se apegar a apenas um tipo de literatura. Fugir da rotina faz bem!

_________________________________________________________________

Título: A Morte é Contagiosa
Autor: Charlie Higson
Editora: Record
Ano: 2006
Número de páginas: 400
ISBN: 8501074608

Título: Dobrando a Aposta
Autor: Charlie Higson
Editora: Galera Record
Ano: 2008
Número de páginas: 432
ISBN: 9788501079565

junho 14, 2009

Séries: Cupid e Harper's Island

Cupid


Neste remake de 1998/1999, de Rob Thomas, Claire McCrae (Sarah Paulson) é uma psicóloga que recebe a visita de um paciente inusitado, um homem que diz ser o próprio Cupido, o qual foi expulso de casa, o Monte Olímpio, e que só poderar voltar para lá se conseguir juntar 100 casais. A doutora tenta descobrir quem ele realmente é, porém, o tal Deus do Amor, continua insistindo em sua história, o que o leva a inventar um nome terreno: Trevor Hale (Bobby Cannavale). Com o decorrer do tempo, a relação médico-paciente vai se tornando cada vez mais pessoal.

video

___________

Harper's Island


Com o enredo baseado no livro "O Caso dos 10 Negrinhos", de Agatha Christie, Harper's Island conta a história do casamento de Trish Wellington (Katie Cassidy) e Henry Dunn (Christopher Gorham). Eles resolvem se casar numa ilha, onde há 7 anos atrás houve um genocídio, cometido por John Wakefield. Vários amigos e parentes foram convidados, inclusive Abby Mills (Elaine Cassidy), cuja mãe foi uma das vítimas de Wakefield. Mas com o passar dos dias, eles percebem que cometeram um grande erro escolhendo a ilha de Harper para ser o palco de tal acontecimento, pois vários assassinatos e sumiços misteriosos começam a acontecer com seus conhecidos.

video

______________________________________________________________

Minha Opinião

Duas séries muito boas, mas com um roteiro um pouco fraco e, por isso, foram canceladas em suas estréias. As histórias dos casais em Cupid foram bem legais e algumas surpreendentes, mas não gostei muito da atuação individual de Bobby e nem de Sarah, apesar de achar que havia, sim, uma química entre os dois. Uma coisa que me irritava eram os cortes das cenas, junto com aquela paisagem e efeito entre elas. Desnecessário. Não cativou muito o público, diferente de seu remake, 10 anos atrás; ou seja, para mim, não foi uma pena total ter sido cancelada. Já Harper's Island não... vou sentir muitas saudades. No começo, muitos pensaram que era apenas mais um seriado bobo de suspense/terror de quinta categoria, que a cada episódio no mínimo um morria, mas a partir, mais ou menos, do 7º episódio, a coisa foi esquentando. Dei pulos na cadeira e gritos junto com os atores no 8º e 9º episódios. Diferente de Cupid, que, pelo o que eu sei, só terá 6 episódios, os fãs de Harper's Island ainda poderão ver a temporada completa, com seus 13 episódios e, assim, tentar adivinhar quem é o novo assassino da ilha.

junho 07, 2009

Filme: O Iluminado

O Iluminado

Jack Torrance (Jack Nicholson), um escritor e ex-alcoólatra (o que fez quebrar o braço de seu filho quando ele tinha 3 anos), consegue emprego como zelador em um hotel, para tomar conta do lugar durante o inverno, junto com sua esposa Wendy (Shelley Duvall) e seu filho Danny (Danny Lloyd). Ao ser entrevistado para o emprego, o gerente do hotel conta para Jack que muitos não aceitam esse trabalho, pois no passado, o zelador da época, Delbert Grady (Philip Stone), matou sua mulher e suas filhas a machadas e depois suicidou-se com um tiro na boca; o que ocorreu devido a "Síndrome da Cabana", que acontece quando "pessoas vivem muito tempo enclausuradas e acabam se rebelando umas contra outras". Jack, entretanto, não liga muito para tal fato e aceita trabalhar. O tempo vai passando, e Jack vai se tornando um homem perturbado, tendo visões e se tornando agressivo. Seu filho é um sensitivo, chamado de "O Iluminado", pois tem visões do que aconteceu em 77, assim, as forças malignas do hotel não consegue possuir Danny, fazendo com que possua seu pai, Jack, o qual começa a desejar matar sua própria família.

video

______________________________________________________________

Minha Opinião

"O Iluminado" não é um filme totalmente aterrorizante, onde há grito, sangue e corpos espalhados por toda parte. Esse filme faz um terror psicicológico com o telespectador, brincando com sua insegurança, e é aí que o diretor Stanley Kubrick acertou em cheio. O mais assustador, além das cenas e das caras e bocas de Jack e Wendy, é a trilha sonora, a qual, causa arrepios a cada segundo. Não cheguei a ler o livro de Stephen King, mas procurei saber um pouco mais, e como qualquer filme baseado em um livro, não é totalmente fiel. Mas, também, depende do por quê. Um exemplo que soube, é na cena final do filme: no livro, Danny é atacado por animais de topiaria que ganham vida, e não perseguido por Jack no labirinto - isso aconteceu porque Kubrick não tinha verba suficente; outro fato foi que no livro o quarto assombrado era o 217 e no filme 237, um pedido do dono do hotel em que o filme foi gravado, para não espantar os hóspedes, já que na verdade, não existia nenhum quarto 237. Para mim e para muitos fãs, esse é o melhor filme de terror de todos os tempos; recomendo mesmo!

________________________________________________________________

Título: O Iluminado (The Shining)
Diretor: Stanley Kubrick
Elenco: Jack Nicholson, Shelley Duvall, ,
, , ,
Ano: 1980
Duração: 144 minutos

Baseado no livro homônimo do grande escritor do terror e ficção: Stephen King.

maio 24, 2009

Livro: Samantha Sweet, executiva do lar - Sophie Kinsella

Vou tentar manter o padrão: Livro/Filme/Série

____________________________________________________________

Samantha Sweet, executiva do lar - Sophie Kinsella

Samantha Sweet tem 29 anos, é advogada e totalmente viciada em trabalho. Mora em Londres e apenas tem tempo para ser cada vez melhor onde trabalha, a empresa Carter Spink. Vive totalmente sob pressão, trabalhando durantes horas e até mesmo dias seguidos para atingir suas metas. Mas esse sacrifício tem seu preço: não tem tempo para relacionamentos amorosos, afetivos e muito menos familiares, aliás, por que teria, se sua mãe também é uma workholic, e tem tanto tempo quanto ela?
Tudo vai muito bem, Samantha está prestes a se tornar sócia do escritório, um sonho se tornando realidade. Ou não? Chegado o dia tão esperado, ela descobre que cometeu o maior e o pior erro que uma advogada corporativa poderia fazer, e é a partir desse erro que ela percebe que sua carreira acabou. Totalmente "fora do ar" Samantha resolve fugir da firma. Depois de algumas bebidas e uma viagem de trem, ela se depara com um lugar desconhecido e uma grande casa. Acaba sendo confundida com uma canditada a empregada doméstica, e sob o efeito do acontecido e do álcool, aceita o emprego.
Um novo emprego. Uma vida nova. Longe de tudo e de todos. Por que não? Bom, para qualquer outra mulher, tudo bem, mas não para Samantha, que não sabe ligar uma máquina de lavar, e nem sequer fritar um ovo! Será que ela conseguirá administrar uma mansão, praticamente sozinha? E o "tal" erro, será que realmente foi sua culpa?
"A história de uma mulher que precisa diminuir o ritmo. Encontrar-se. Apaixonar-se. E descobrir para que serve um ferro de passar..."
_____________________________________________________________

Minha opinião

Samantha Sweet é o exemplo da mulher do novo mundo globalizado. Esse livro faz qualquer uma do sexo feminino pensar sobre seu papel na sociedade moderna e repensar sobre os meios de atingir seus almejados objetivos. Quero dizer, muitas "coisas" às vezes devem ser sacrificadas, como relacionamentos e ocasiões, para que metas sejam atingidas, mas será que essa é a maneira correta de agir? Ou seja, hoje, o ser humano - não só as mulheres - trata o tempo como se fosse um inimigo, querendo vencer as barreiras impostas por ele, fazendo milhares de concessões e inventando mil e umas desculpas para se desfazer de compromissos ditos inúteis. Isso é realmente o certo? O livro tem partes engraçadíssimas e algumas fazem até mesmo você indagar: "Será que eu consigo me virar sozinha, na cozinha etc?"; "E se eu cometer um erro, como será minha reação?"; e, o clássico, "Ai meu Deus! Será que eu sou assim?". Super recomendo!

maio 19, 2009

Série: Pushing Daisies

Lembrando que eu respondo os comentários na própria janela dos comentários e que as sinopses são feitas por mim também, não só a parte "Minha opinião" etc.

________________________________________________________

Pushing Daisies


Pushing Daisies (Um toque de Vida), conta a história de um amor um tanto diferente, entre Ned (Lee Pace) e Charlotte Charles (Anna Friel). Ned, aos 9 anos de idade, descobre que com apenas um toque pode fazer viver novamente qualquer ser ou, até mesmo, frutas ou plantas. Mas também descobre, de um modo infeliz, que para tal dom, há uma consequência. Se deixar, por exemplo, uma pessoa "viva" por mais de 1 minuto, outra pessoa é "sacrificada" em seu lugar, e, apenas se a quiser morta - para sempre - poderá tocá-la de novo.
Ao lado de um detetive particular, chamado Emerson Cod (Chi McBride), Ned começa, portanto, a trabalhar como "caçador de recompensa", utilizando seu dom para acordar os mortos e saber quem foi o respectivo assassino. Em um desses casos, ele se depara com Charlotte, ou para ele, Chuck, que foi assassinada misteriosamente em um passeio de navio. Com a oportunidade de trazer à vida sua paixão de infância, o fazedor de tortas resolve deixá-la viva, mesmo sabendo que nunca mais poderão se tocar.
___________________________________________________________

A Série

Pushing Daisies é - era - transmitido pelo canal americano ABC, o canal brasileiro Warner e, recentemente, o canal aberto SBT. Sua Primeira Temporada foi composta por apenas 9 episódios, pois foi interrompida pela crise dos roteiristas; teve sua Segunda Temporada completa, esta com 13 episódios, 9 a menos do que o esperado. E, infelizmente, foi cancelada. Seus últimos episódios, nem sequer foram ao ar, seus fãs foram "obrigados" a baixá-los pela Internet. Mas, durante seu tempo de existência, teve três indicações para o Globo de Ouro (melhor série de TV - comédia; melhor ator e atriz em série cômica, Lee Pace e Anna Friel) e ao Emmy (melhor ator em série de comédia, Lee Pace; melhor atriz coadjuvante em série de comédica, Kristen Chenoweth; melhor elenco de comédia; melhor direção de comédia, Barry Sonnenfeld). A série não terá continuação nas telinhas, porém tentará fazer o mesmo sucesso nos quadrinhos, uma associação da ABC com a DC Comics.

Minha Opinião

Acompanhei a série desde o início e fiquei decepcionada quando soube que seria cancelada, cheguei, até mesmo, a deixar minha assinatura no abaixo-assinado que fizeram contra o cancelamento, mas de nada adiantou. Uma série fantástica e, sem sombras de dúvidas, M-Á-G-I-C-A, sim com todas as letras. Não é apelativa e nem boba; consegue manter o equilíbrio e com muito humor. O gráfico é sensacional, diferente de qualquer outro seriado ou filme que exista por aí, uma mistura de desenho animado com realidade. Outra fato que surpreende, é que a história gira, sim, em torno do casal Ned e Chuck, mas os atores coadjuvantes são brilhantes, tendo cada um seu próprio drama. Drama, este, que não é deixado de lado no meio do caminho, como em muitas outras séries, mas também narrada, divertidamente, e acompanhada pelos fãs. Para Pushing Daisies e Ned, Chuck, Oliver, Emerson e as tias Vivian e Lily, não nego elogios e nem tão pouco adjetivos.

maio 09, 2009

Filme: Divã

O último filme que eu vi no cinema foi: "Divã".
Com um elenco maravilhoso: Lilia Cabral, José Mayer, Alexandra Ritcher e outros grandes atores. Uma produção da Total Entertainment, do Rio Filme, Globo Filmes e Lereby. E direção de José Alvarenga Jr. Baseado no livro homônimo de Martha Medeiros.

_______________________________________________________________

Divã


No filme, Lilia Cabral interpreta Mercedes, uma mulher que tem 40 anos e uma vida perfeita: um casamento sólido, dois filhos e uma ótima amiga. Até aí tudo bem, você pára e pensa "é essa a vida que todos nós um dia almejamos", mas não para Mercedes.
Uma mulher de brilho, que consegue lidar com tudo e com todos e cansada de que todos os seus dias se pareçam com domingo, ela resolve, então, procurar um pscicanalista e é através dessa análise de si mesma, que ela percebe que há ainda muito o que viver e se libertar.
Decide, portanto, deixar para trás essa maré de perfeição e se aventurar em diversas situações, hilariantes, junto com Monica (Alexandra Ritcher), sua melhor amiga e com seus novos amores, Theo (Reynaldo Gianecchini) e Murilo (Cauã Reymond). Ela tenta respostas para suas indagações sobre sua área profissional, familiar e inclusive, se ainda consegue impressionar um homem como fazia há 20 anos atrás. Um ato de libertação e autoconhecimento que leva a diversas conclusões, inclusive a de que a tal liberdade, talvez não seja a resposta para todas as perguntas.
_______________________________________________________________

Minha opinião

Já foi-se o tempo em que nós tinhamos preconceito em relação a filmes nacionais, não é mesmo? Hoje muito são renomados e conhecidos internacionalmente. "Divã" é um desses filmes, que não deixa nada a desejar se comparado com os filmes Hollywoodianos. Totalmente engraçado, faz o espectador rir do começo ao fim, sem pausas nem mesmo para respirar! Além de fazer com que, não só as mulheres, mas todos parem para refletir sobre sua importância no mundo e sobre suas capacidades. A classificação indicativa é de 14 anos, porém não há limite de idade; de jovens a velhinhos, todos podem se divertir com essa deliciosa história.
_______________________________________________________________

Música: Natasha Bedingfield
Seriado: Heroes
Nas livrarias: "A Terra das Sombras" - Meg Cabot (Série "A Mediadora" - Capa nova); "O Médico das Estrelas" - Luiz Antonio Aguiar; "Como falar com Meninas" - Alec Greven; "Do outro Lado" - Natsuo Kirino.

maio 05, 2009

Livro: Missão Silverfin - Charlie Higson

Primeiro post do blog.

Irei falar sobre livros que eu li, filmes que eu vi, lançamentos, promoções, seriados...
E um dia, quem sabe, começar a escrever contos.

________________________________________________________________

Missão Silverfin - Charlie Higson

Meados de 1930; James Bond tem apenas 13 anos e começa seu ano letivo em um colégio interno, Eton, na Inglaterra. Faz grandes amizades, mas, como um garoto alto para sua idade e um corredor nato, chama atenção, ganhando, também, inimigos. O tempo passa e o feriado de Páscoa chega, e James pode, então, largar sua vida chata e monótona em Eton. Com seu tio doente, resolve, a pedidos de sua tia Charmian, ir visitá-lo. Se James achava que ia ter algum sossego e esse seria um feriado qualquer, enganou-se. No caminho para a Escócia, conhece um garoto, de cabelos vermelhos e uma total simpatia; é Red Kelly, primo de Alfie, um menino que, misteriosamente, desapareceu nas terras escocesas. No trem, descobre que Charles Hellebore, seu inimigo número 1 em Eton e filho de um influente Lorde, também irá desfrutar de seus momentos livres na Escócia. Red e James resolvem, portanto, investigar o "tal" sumisso de Alfie, por eles mesmos. Mas, cuidado, pois é aí que o perigo começa.
Um castelo misterioso, um lago sombrio, um lorde prepotente, um primo determinado, um garoto destemido e, claro, uma bela, e nada frágil, donzela, são os ingredientes essenciais para uma grande aventura, da nossa futura lenda: Bond, James Bond.
________________________________________________________________

Música: Zeca Baleiro
Filme: A Hora de Voltar
Seriado: Harper's Island